Mundo

Egipto afirma que tratado de paz com Israel não é sagrado

Egipto afirma que tratado de paz com Israel não é sagrado

O primeiro-ministro do Egito, Essam Charaf, afirmou, esta quinta-feira, que o tratado de paz assinado em 1979 com Israel não é sagrado, numa altura que a relação entre os dois países é tensa.

"Este tratado de paz não é algo sagrado e pode ser alvo de alterações", declarou o governante egípcio, numa entrevista à televisão turca.

Essam Charaf defendeu que o tratado de paz entre o Egipto e Israel, o primeiro a ser assinado entre o Estado judaico e um país árabe, poderia ser discutido e alterado se isso beneficiar a região e a própria paz.

As declarações do governante egípcio surgem após uma visita ao Cairo do primeiro-ministro turco, Recep Erdogan, durante a qual se mostrou solidário com a causa palestiniana e atacou o Estado de Israel.

Outras Notícias