Exclusivo

Eleições poderão ser as mais caras da História do Brasil

Eleições poderão ser as mais caras da História do Brasil

Os recursos públicos para as campanhas rondam os 1,5 mil milhões de euros, depois de as empresas estarem proibidas de fazer doações.

A disputa presidencial mais polarizada da História do Brasil pode tornar-se também na mais cara. Ainda que as doações privadas já não sejam permitidas - decisão tomada pela Justiça brasileira após a explosão da Operação Lava Jato - os candidatos têm à disposição perto de 1,7 mil milhões de euros (valor semelhante ao que Portugal irá gastar até ao fim deste ano na área da Justiça) em recursos públicos, o que contempla o Fundo dos Partidos e o Fundo Eleitoral. Contam ainda com doações particulares que, até agora, não são conhecidas na totalidade.

Além das verbas disponibilizadas pelos partidos, o Fundo Eleitoral representa um dos maiores recursos a que os candidatos podem aceder, sendo que quando não é gasto na totalidade deve ser devolvido ao Tesouro Nacional no momento da prestação de contas da campanha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG