O Jogo ao Vivo

Afeganistão

Embaixada britânica expôs dados confidenciais de afegãos

Embaixada britânica expôs dados confidenciais de afegãos

Funcionários do Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico em Cabul saíram das instalações da Embaixada deixando documentos com dados pessoais de colaboradores afegãos e de cidadãos do país que pediam emprego, segundo o jornal "The Times".

Os documentos confidenciais que identificaram sete afegãos foram encontrados por um jornalista do jornal diário britânico, na terça-feira, enquanto militantes do regime talibã patrulhavam as proximidades do prédio.

O secretário de Defesa britânico, Ben Wallace, já prometeu que irá investigar "até ao fundo" este lapso de segurança e informou que o primeiro-ministro, Boris Johnson, também fará "algumas perguntas" sobre o que aconteceu.

De acordo com o jornal ""The Times", ligações telefónicas feitas para os números incluídos nesses documentos revelaram que alguns funcionários afegãos e as suas famílias ainda estavam retidos fora do aeroporto de Cabul. O jornal relata que, apanhados de surpresa pela chegada a Cabul dos talibãs, os britânicos que trabalham para a embaixada não cumpriram os protocolos que previam a destruição de todas as informações comprometedoras do seu pessoal afegão local.

Esses documentos incluem o nome e o endereço de um membro proeminente da equipa da embaixada em Cabul, outros trabalhadores, bem como os seus dados pessoais para contacto e os currículos e endereços dos candidatos a empregos de intérprete.

O jornal destaca que, após vários intercâmbios com funcionários ao mais alto nível do Ministério dos Negócios Estrangeiros dentro do aeroporto Hamid Karzai, o resgate de vários dos indivíduos assinalados pôde ser efetuado. No entanto, o destino de pelo menos dois candidatos a empregos para posições de intérprete junto da delegação britânica, cujos dados pessoais foram expostos pela Embaixada do Reino Unido em Cabul, permanece desconhecido.

A diplomacia de Londres anunciou na noite passada que, durante a evacuação da Embaixada britânica, "todos os esforços foram feitos para destruir material sensível" e agradeceu ao jornal "The Times" por partilhar a informação para ajudá-los a "salvar três famílias".

PUB

O Reino Unido está a concluir as suas operações de resgate no Afeganistão e não vai mais chamar mais pessoas para o aeroporto de Cabul para deixar o país, disse hoje Ben Wallace.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG