O Jogo ao Vivo

Alemanha

Encontrada ex-secretária de campo nazi que fugiu de lar para evitar julgamento

Encontrada ex-secretária de campo nazi que fugiu de lar para evitar julgamento

Foi encontrada Irmgard Furchner, a ex-secretária de um campo de concentração nazi, de 96 anos, que fugiu antes do início do seu julgamento, esta quinta-feira, na Alemanha.

"A acusada foi encontrada (...) Um médico vai determinar se pode ser detida, e o tribunal decidirá depois se a ordem de detenção será executada ou não", afirmou a porta-voz do tribunal de Itzehoe, Frederike Milhoffer.

Na manhã desta quinta-feira, 20 minutos após o horário previsto para o início do julgamento na cidade de Itzehoe, no norte da Alemanha, o presidente do tribunal anunciou a fuga da acusada e emitiu uma ordem de detenção. "Abandonou o lar (para pessoas da terceira idade) esta manhã. Apanhou um táxi", disse Milhoffer.

PUB

Segundo a revista "Der Spiegel", a acusada já tinha informado à Justiça as suas intenções de fugir, com uma carta enviada há algumas semanas ao presidente do tribunal. Na carta, afirmou que "boicotaria o processo (...) já que seria degradante para ela participar nele", explicou, em declarações à AFP, o advogado Christoph Rückel, que representa os sobreviventes há vários anos.

Irmgard Furchner, que no momento dos crimes tinha entre 18 e 19 anos, será a primeira mulher envolvida com o nazismo julgada em várias décadas no país. A agora idosa, que trabalhou como datilógrafa e secretária do comandante do campo, Paul Werner Hoppe, entre junho de 1943 e abril de 1945, será julgada por cumplicidade no assassinato de mais de 10 mil pessoas.

Quase 65 mil pessoas morreram no campo, perto da cidade de Gdansk, incluindo prisioneiros judeus, guerrilheiros polacos e prisioneiros de guerra soviéticos.

O processo precederá o julgamento de um ex-guarda, de 100 anos, do campo de concentração nazi de Sachsenhausen, perto de Berlim, que começará na próxima semana.

A Alemanha, que por muito tempo hesitou em procurar os seus criminosos de guerra, nunca havia julgado ex-nazis tão idosos. O julgamento de Furchner acontecerá às vésperas do 75.º aniversário da condenação à morte por enforcamento em Nuremberg de 12 dos principais dirigentes do Terceiro Reich.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG