Chile

Encontrados corpos e destroços na zona onde desapareceu avião com 38 pessoas

Encontrados corpos e destroços na zona onde desapareceu avião com 38 pessoas

As autoridades chilenas encontraram restos mortais na zona onde a Força Aérea estabeleceu o último contacto com o avião militar que desapareceu na segunda-feira com 38 pessoas a bordo.

"A Força Aérea deu-nos uma notícia que nos deixou consternados: a descoberta de corpos no mar de Drake e também parte da fuselagem que corresponde ao avião atingido, que é o C130 da FACh [Força Aérea do Chile]", disse à agência de notícias Efe o governador da região de Magalhães, José Fernández.

A Força Aérea do Chile anunciou na segunda-feira ter perdido "o contacto via rádio" com um avião militar C130 com 38 pessoas a bordo, que descolou de Punta Arenas, sul do país, para uma base na Antártida.

O contacto via rádio foi interrompido às 18.31 horas de segunda-feira, de acordo com um documento da Força Aérea.

O avião, que descolou da base aérea de Chabunco, em Punta Arenas, a mais de três mil quilómetros a sul de Santiago do Chile, tinha como missão prestar apoio logístico à base na Antártica.

Outras Notícias