Caso Gabby Petito

Encontrados restos mortais humanos e objetos que podem pertencer a Brian Laundrie

Encontrados restos mortais humanos e objetos que podem pertencer a Brian Laundrie

A polícia encontrou restos mortais humanos junto de objetos que poderão pertencer a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito, jovem de 22 anos que foi assassinada nos EUA.

O agente especial do FBI Michael McPherson disse que objetos pessoais pertencentes a Brian Laundrie, nomeado "pessoa de interesse" no assassinato de Petito, foram encontrados na Reserva Carlton. "No início desta quarta-feira, os investigadores encontraram o que parecem ser restos mortais humanos junto a objetos pessoais, como uma mochila e um caderno pertencentes a Brian Laundrie", afirmou McPherson. "Esses objetos foram encontrados numa área que até recentemente estava submersa".

Médicos legistas do condado e cães farejadores de cadáveres também estão no local, segundo a BBC.

As autoridades estão à procura de Laundrie, que é apontada como uma pessoa de interesse no desaparecimento de Gabby Petito, há várias semanas.

O corpo de Gabby Petito, de 22 anos, esteve no deserto de Wyoming durante um mês antes de ser encontrado em meados de setembro. Gabby e Brian embarcaram numa viagem numa carrinha pelos EUA em julho e a jovem foi vista pela última vez no dia 24 de agosto, quando estava a sair de um hotel em Salt Lake City. A última videochamada de Gabby com a sua mãe aconteceu nesse mesmo dia, tendo a norte-americana dito que estava a deixar o Utah e a rumar para a cordilheira Teton, em Wyoming, de acordo com Rick Stafford, o advogado da família.

Inesperadamente, Brian regressou a casa no dia 1 de setembro, dez dias antes de a família da jovem a dar como desaparecida. O namorado contratou um advogado e, juntamente com a família, recusou-se a falar com as autoridades antes de desaparecer. Desde então, o FBI lançou uma caça ao homem em todo o país.

A autópsia ao corpo de Gabby Petito revelou que a jovem foi estrangulada.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG