Tribunal

Escocês declara-se culpado de abusos raciais a ex-jogador do Sporting

Escocês declara-se culpado de abusos raciais a ex-jogador do Sporting

Um escocês de 22 anos declarou-se culpado, em tribunal, de ter abusado racialmente do futebolista Yannick Bolasie, antigo jogador do Sporting, quando o internacional congolês estava ao serviço do Middlesbrough, de Inglaterra.

No tribunal de Kirkcaldy, na Escócia, o homem admitiu que enviou mensagens privadas racialmente ofensivas ao extremo de 32 anos, que na temporada de 2019/20 representou o Sporting por empréstimo do Everton.

Bolasie esteve no Middlesbrough em 2020/21, também por cedência do Everton, e joga atualmente na Turquia, no Çaykur Rizespor.

PUB

Além dos abusos verbais a Bolasie, o jovem de 22 anos declarou-se culpado de mais dois crimes dos quais está acusado: posse de imagens indecentes de crianças e de tirar fotos indecentes a crianças.

Junto às provas de ter enviado mensagens racistas a Bolasie através do seu telemóvel, a polícia encontrou também no dispositivo, quando fez uma busca a casa deste homem em março deste ano, fotos indecentes de crianças.

O escocês foi libertado sob fiança e irá conhecer a sua sentença em 06 de janeiro de 2022.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG