Espanha

Esfaqueou mulher que conheceu dias antes por não querer sair com ele

Esfaqueou mulher que conheceu dias antes por não querer sair com ele

Um homem esfaqueou várias vezes uma mulher que tinha conhecido dias antes porque esta recusou assumir uma relação com ele, em Torremolinos, em Espanha.

Um homem de 37 anos, de nacionalidade romena, e uma mulher de 27 anos, de nacionalidade filipina, conheciam-se há "dois ou três dias", quando o homem a abordou na rua, no passado domingo, e lhe pediu "uma oportunidade", segundo a versão dos acontecimentos descrita pelo "El País". Mas a mulher recusou.

"Prefiro estar 20 anos na prisão do que tu não fiques comigo", terá dito o agressor momentos antes de pontapear e esfaquear a vítima no rosto e no pescoço numa rua no centro de Torremolinos, em Espanha.

O agressor pensava que tinha matado a mulher e chamou o serviço de emergências. Vários agentes da Polícia Nacional também acorreram ao local e o homem resolveu confessar o crime. Disse que, após ter matado a "namorada" - segundo a descreveu -, tinha abandonado o corpo junto ao supermercado.

A mulher, que foi transportada para o Hospital Clínico de Málaga com várias feridas e contusões, está livre de perigo e desmentiu ter qualquer relação com o agressor.

Quando se comprovaram os factos, o homem foi detido.

Não foram registadas quaisquer denúncias anteriores, visto que os dois se tinham conhecido há dias.

Outros Artigos Recomendados