Exclusivo

Espanha: ameaça de censura no sistema educativo

Espanha: ameaça de censura no sistema educativo

Pin Parental é um mecanismo de veto proposto pela extrema-direita para que as famílias possam vetar conteúdos sociais e sexuais nas atividades extracurriculares.

O veto parental de certos conteúdos educativos - sociais ou sexuais, por exemplo - com base na ideologia da família já está em cima da mesa em Espanha. A proposta, impulsionada pela extrema-direita (com o Vox à frente) e batizada como Pin Parental, permite aos progenitores não autorizar a assistência dos filhos a disciplinas extracurriculares que abordem a violência de género, os direitos LGTBI e o feminismo.

Inicialmente designativo da proteção paterna em plataformas de "streaming", o Pin Parental foi adaptado pelo Vox aos seus interesses políticos e define-o, na sua página na internet, como "uma solicitação escrita dirigida aos diretores dos centros educativos públicos, na qual os pais dos alunos pedem que sejam informados previamente sobre qualquer conferência, curso ou disciplina que trate questões socialmente controversas ou sexuais que possam ser intrusivas no que respeita à consciência e à intimidade dos menores".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG