Covid-19

Espanha com contágios a baixar teve quase 80 mil casos no fim de semana

Espanha com contágios a baixar teve quase 80 mil casos no fim de semana

A Espanha registou desde sexta-feira 79.686 novos casos de covid-19, com o número de contágios a baixar, elevando para 2.822.805 o total de infetados até agora no país, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 762 mortes desde sexta-feira atribuídas à covid-19, passando o total de óbitos para 59.081.

O número de novos casos do fim de semana anterior para este baixou de 93.822 para 79.686 e o de mortes também desceu de 767 para 762.

O nível de incidência acumulada (pessoas contagiadas) em Espanha está a descer desde a última quinta-feira, tendo passado de sexta-feira para esta segunda-feira de 887 para 866 casos diagnosticados por 100 mil habitantes nos 14 dias anteriores.

As regiões com os níveis mais elevados são as da Comunidade Valenciana (1.352), Castela e Leão (1.331), La Rioja (1.304), Castela-Mancha (1.127), Múrcia (1.099) e Extremadura (1.000).

O diretor do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias, Fernando Simón, indicou que "a evolução da pandemia vai na boa direção", esperando que "a epidemia desça rapidamente para que a situação nos hospitais não piore mais e cheguem a uma situação de colapso".

PUB

Nas últimas 24 horas, deram entrada nos hospitais 2.485 pessoas com a doença, das quais 519 na Andaluzia, 403 na Comunidade Valenciana, 314 em Madrid e 297 na Catalunha.

Em todo o país há 32.023 pessoas hospitalizadas com a covid-19 (30.804 na sexta-feira), o que corresponde a 25% das camas, das quais 4.894 pacientes em unidades de cuidados intensivos (4.723), 45% das camas desse serviço.

O Governo espanhol ofereceu-se para ajudar Portugal a lutar contra a falta de meios hospitalares no quadro da pandemia de covid-19, disse à agência Lusa o embaixador de Portugal em Madrid, João Mira Gomes.

"Houve uma oferta de apoio por parte das autoridades espanholas", disse João Mira Gomes, acrescentando que agora estão a ser avaliadas, a um nível técnico, as "modalidades desse apoio".

Segundo fonte diplomática espanhola, o contacto inicial foi feito pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros de Espanha junto da embaixada portuguesa em Madrid, mas a política de Saúde em Espanha está descentralizada pelas comunidades autónomas, o que dificulta a articulação da ajuda. De acordo com a mesma fonte, os dois países "estão em contacto permanente a vários níveis"

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG