Covid-19

Espanha com ligeira descida de óbitos, são 367 em 24 horas

Espanha com ligeira descida de óbitos, são 367 em 24 horas

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 367 mortes devido ao novo coronavírus, o número diário mais baixo desde 20 de março, havendo agora um total de 22.524 óbitos.

O Ministério da Saúde espanhol refere que os 367 mortos associados à Covid-19 nas últimas 24 horas representam uma ligeira diminuição em relação aos 440 registados na quinta-feira.

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 2796 novos casos positivos, levando o total de infetados para 202.990.

Os números diários indicam ainda que nas últimas 24 horas há 3105 pessoas curadas depois de terem contraído a doença, sendo o total de 92.355 desde o início da pandemia.

Pela primeira vez desde o início da epidemia em Espanha, o número de novas pessoas curadas (3.105) é superior ao número de novos casos positivos (2.796).

O diretor dos serviços de Alerta e Emergências Sanitárias do Ministério da Saúde, Fernando Simón, na videoconferência de imprensa em que atualiza a situação em Espanha, salientou que estes são os melhores números "desde há algumas semanas".

PUB

A região com mais casos positivos confirmados é a de Madrid, com 58.191 infetados e 7.765 mortos, seguida pela da Catalunha (45.544 e 4.393), a de Castela e Leão (15.692 e 1.612), a de Castela-Mancha (15.365 e 2.255) e a do País Basco (11.881 e 1.193).

O ritmo do número de mortes diárias por coronavírus baixou de uma média de mais de 500 na semana passada para uma média de 400 esta semana, com o número de novos contaminados e de hospitalizados também a abrandar.

Espanha vai prolongar por mais duas semanas, a partir de domingo e até 9 de maio, o estado de emergência em vigor desde 15 de março.

O primeiro-ministro, Pedro Sánchez, já avisou que o levantamento das medidas adotadas para combater o coronavírus será "lento e gradual" e só deverá ser iniciado a partir da segunda quinzena de maio, esperando que até lá se evitem os passos em falso.

Madrid apenas permite a saída para ir trabalhar aos que o não possam fazer a partir de casa ou para adquirir ou consumir bens considerados essenciais (alimentação, banca, farmácia, correios).

Mesmo assim, a partir do próximo domingo, as crianças até 14 anos de idade poderão sair de casa durante uma hora por dia, acompanhadas por um adulto.

Os menores acompanhados poderão afastar-se até, no máximo, um quilómetro da sua habitação levando os seus próprios brinquedos, mas não poderão ir a um parque infantil ou brincar com outras crianças.

Espanha é o segundo país com mais mortos com a pandemia por cada milhão de habitantes (482 óbitos), depois da Bélgica (576) e antes da Itália (423) e França (335), numa lista em que os Estados Unidos têm 152 e Portugal 80.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 190 mil mortos e infetou mais de 2,6 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram entretanto a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos, como Dinamarca, Áustria, Espanha ou Alemanha, a aliviar algumas das medidas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG