Espanha

Afinal o crocodilo no rio Douro será uma lontra

Afinal o crocodilo no rio Douro será uma lontra

Depois de três dias de buscas os ambientalistas consideram que os indícios encontrados no rio Douro, em Valladolid, devem ser de uma lontra.

Depois da muita celeuma criada à volta da existência de um crocodilo do Nilo no rio Douro na zona de Valladolid, os especialistas enviados para o local pelo Ministério da Transição Ecológica de Espanha apontavam esta segunda-feira à tarde que os rastos pertenciam a uma mamífero, sendo a hipótese mais provável que se trate de uma lontra.

Uma fonte da polícia local de Simancas explicou ao JN que depois de vários dias de buscas acionadas, após de ter sido reportado o avistamento de uma pegada do alegado crocodilo, aqueles especialistas com a colaboração da Associação Chelonia (de conservação dos ecossistemas marinhos) consideram que os indícios e rastos que estavam a ser atribuídos ao réptil de grandes dimensões deverão ter sido deixados por uma lontra. Pelo menos é o que indicam alguns excrementos encontrados entre o Rio Pisuerga e o Douro.

O jornal espanhol "Diário de Valladolid" noticiava esta segunda-feira que as buscas na zona iam prosseguir na tentativa de se esclarecer a situação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG