Covid-19

Estado de saúde de Silvio Berlusconi considerado estável

Estado de saúde de Silvio Berlusconi considerado estável

O antigo primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi encontra-se numa situação considerada "estável", depois de ter sido hospitalizado na quinta-feira, devido a uma infeção pulmonar provocada pela covid-19, informaram, este sábado, os médicos do Hospital San Raffaele, em Milão.

"O quadro respiratório e clínico confirma uma evolução regular e esperada e, portanto, leva a um otimismo cauteloso, mas razoável", lê-se no comunicado da unidade hospitalar, secundado pelas palavras do médico Alberto Zangrillo, responsável pelo tratamento de Berlusconi, que informou que as "condições clínicas do paciente se mantêm estáveis".

O antigo governante italiano, de 83 anos, revelou na passada quarta-feira que tinha sido diagnosticado com covid-19. Também dois dos seus filhos, Barbara, de 36 anos, e Luigi, de 31, bem como a sua nova companheira, Marta Fascina, de 30 anos, tiveram resultados positivos nos respetivos testes para diagnóstico da presença do vírus SARS-CoV-2.

Berlusconi foi descrito pelo seu médico assistente como "um paciente de risco devido à sua idade e a patologias anteriores", tendo Alberto Zangrillo adiantado que a infeção nos pulmões foi diagnosticada "numa fase precoce".

Itália continua a ser o segundo país da Europa com maior número de mortes associadas à covid-19, registando 35.518 óbitos (e mais de 274 mil casos) desde o início da pandemia, apenas atrás do Reino Unido, que já contabiliza um acumulado de 41.527 mortos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG