O Jogo ao Vivo

Pandemia

EUA doam 336 mil doses da vacina Johnson & Johnson a Moçambique

EUA doam 336 mil doses da vacina Johnson & Johnson a Moçambique

Os EUA doaram esta sexta-feira 336 mil doses da vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson a Moçambique, anunciou a embaixada norte-americana em Maputo.

É o segundo lote entregue pela administração norte-americana depois de 302.400 vacinas da mesma marca entregues em julho e que se juntam a diversas doações internacionais.

Os EUA são "o maior doador bilateral de vacinas a Moçambique" e "têm o prazer de fazer parte deste esforço global", destacou hoje o embaixador Dennis Hearne.

A vacina Johnson & Johnson confere imunidade "numa única dose" e tem um armazenamento mais simples e barato, refere a representação diplomática em comunicado, destacando as vantagens numa altura em que Moçambique quer acelerar a vacinação.

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, anunciou na quinta-feira que já foram vacinadas 1,7 milhões de pessoas, ou seja, 10% da população que o Governo pretende abranger até final de 2022.

O chefe de Estado disse que apesar das dificuldades de disponibilização de vacinas, "os esforços continuam e visam a vacinação, de outubro a dezembro, dos cidadãos com idade igual ao superior a 30 anos em todo o país, numa população estimada de sete milhões".

O país atingiu o pico da terceira vaga em julho e desde então regista uma redução consistente de todos os indicadores epidemiológicos.

PUB

Moçambique tem um total acumulado de 1908 mortes e 150.439 casos de covid-19, dos quais 97% recuperados e 37 internados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG