Mundo

EUA "estudam" pedido de assistência militar do Governo de Kiev

EUA "estudam" pedido de assistência militar do Governo de Kiev

Os EUA estão "a estudar" o pedido dos dirigentes ucranianos para lhes fornecer apoio militar e armas, indicaram responsáveis norte-americanos na quinta-feira, refutando informações de que o pedido de Kiev já teria sido recusado.

Segundo dirigentes do Governo do Presidente Barack Obama, a Ucrânia deseja obter armas e munições, bem como apoio de informações.

Estamos a examinar os pedidos que formularam", disse à agência noticiosa AFP um dirigente do Pentágono, sob anonimato.

Segundo dois outros responsáveis, ainda não foi tomada qualquer decisão definitiva.

A solicitação das autoridades ucranianas ocorreu em plena visita do primeiro-ministro, Arseni Iatseniouk, aos EUA.

Na deslocação, recebeu o apoio do Governo Obama na crise que o opõe à Federação Russa, que tem milhares de soldados deslocados na península ucraniana da Crimeia.

Washington já afastou qualquer intervenção militar nesta ex-república soviética e procura, pelo contrário, uma solução diplomática.

O Wall Street Journal tinha avançado que os EUA tinham rejeitado a pretensão ucraniana, pelo menos por agora, com receio de deteriorar ainda mais a situação.

Entre o material pedido, ainda seguindo este periódico, estava equipamento de comunicações, combustível e óculos de visão noturna.