Protesto

Eurodeputada sueca corta cabelo durante discurso no Parlamento Europeu

Eurodeputada sueca corta cabelo durante discurso no Parlamento Europeu

Nascida no Iraque, a eurodeputada sueca Abir al-Sahlani cortou o cabelo, esta terça-feira, enquanto discursava no Parlamento Europeu numa mensagem de solidariedade aos manifestantes e mulheres no Irão.

Desde a morte de Mahsa Amini, a 16 de setembro, que se vivem nas ruas do Irão manifestações que já causaram mais de 90 mortes. A jovem de 22 anos foi detida pela "polícia da moralidade" por não estar a usar adequadamente o hijab (véu islâmico).

O caso gerou indignação à escala mundial, e Abir al-Sahlani junta-se à lista de personalidades a homenagear Mahsa.

PUB

Como forma de apoio, a deputada sueca afirmou: "até que as mulheres do Irão sejam livres. Vamos ficar convosco". As palavras foram proferidas na Assembleia da UE, em Estrasburgo, França.

De seguida, Abir al-Sahlani cortou o cabelo dizendo em curdo "mulher, vida, liberdade".

Ainda durante o seu discurso, criticou Josep Borrell, chefe da diplomacia da UE, "chega de gaguejar".

Também em França, artistas como Juliette Binoche e Isabelle Huppert filmaram-se a cortar partes do cabelo em defesa do movimento de mulheres que pedem mudanças no regime.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG