EUA

Ex-advogado de Donald Trump diz que FBI apreendeu o seu telemóvel

Ex-advogado de Donald Trump diz que FBI apreendeu o seu telemóvel

Um advogado que tentou ajudar o ex-presidente dos EUA Donald Trump a reverter o resultado das eleições de 2020 afirmou hoje, num processo judicial federal, que o FBI apreendeu o seu telemóvel na semana passada.

John Eastman disse que os agentes federais o abordaram na última quarta-feira à saída de um restaurante.

O advogado referiu que os agentes pareciam estar a cumprir um mandado do Gabinete do Inspetor-Geral do Departamento de Justiça.

A ação das forças policiais foi divulgada num processo no tribunal federal do Novo México, no qual John Eastman contesta a legitimidade do mandado e pede que o FBI seja forçado a devolver o seu telemóvel.

Na semana passada, a polícia federal realizou várias atividades semelhantes em todo o país como parte das investigações sobre os esforços dos aliados do antigo presidente republicano para anular os resultados das eleições.

Uma porta-voz do inspetor-geral não fez comentários.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG