Mundo

Ex-governador de Nova Iorque Andrew Cuomo acusado de delito sexual menor

Ex-governador de Nova Iorque Andrew Cuomo acusado de delito sexual menor

Uma queixa-crime apresentada por um investigador da polícia num tribunal de Albany, Nova Iorque, acusa o ex-governador daquele Estado dos EUA, Andrew Cuomo, de um delito sexual menor.

A denúncia apresentada por um investigador do gabinete do Xerife de Albany acusa Andrew Cuomo de colocar a mão por baixo da camisa de uma mulher, em dezembro de 2020, noticiou a agência de notícias Associated Press..

O documento não identifica a mulher em questão, mas Cuomo foi publicamente acusado de apalpar uma assessora, Brittany Comisso, na sua mansão em Albany, no ano passado.

A agência de notícias norte-americana ressalva, no entanto, que algumas informações vindas hoje a público sugerem que o documento pode ter sido submetido por engano.

O procurador-geral e o Xerife do distrito de Albany ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o caso, mas o Times Union, publicação daquele distrito, citou autoridades não identificadas a afirmar que a queixa terá sido submetida "prematuramente" e que ainda não foi tomada uma decisão final sobre se Cuomo terá de enfrentar as acusações.

Brittany Comisso, que era assistente executiva de Andrew Cuomo, afirmou que o ex-governador enfiou a mão por baixo da sua camisa e a acariciou quando se encontravam sozinhos num quarto da mansão do governador, em Albany, no ano passado.

Cuomo negou perentoriamente as acusações, afirmando que "teria de perder a cabeça para fazer uma coisa dessas".

PUB

A assistente executiva apresentou, no entanto, uma queixa ao Xerife do distrito em agosto, na mesma semana em que um relatório da procuradora-geral Letitia James concluiu que o governador democrata assediou sexualmente 11 mulheres e ameaçou uma das acusadoras com retaliações.

Cuomo, que chegou a ser apontado como um ícone de competência durante as suas conferências de imprensa diárias sobre a crise pandémica, em 2020, anunciou a sua demissão uma semana após a divulgação do relatório, terminando abruptamente o terceiro mandato como governador.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG