Solidariedade

Ex-mulher de Jeff Bezos doou três mil milhões de euros em quatro meses

Ex-mulher de Jeff Bezos doou três mil milhões de euros em quatro meses

MacKenzie Scott, ex-mulher do fundador da Amazon, Jeff Bezos, doou mais de quatro mil milhões de dólares, cerca de 3,2 mil milhões de euros, para bancos de alimentos e fundos de ajuda de emergência em quatro meses.

De acordo com a BBC, MacKenzie Scott fez uma publicação num blogue em que afirmava que queria ajudar os norte-americanos que estão em dificuldades por causa da pandemia de covid-19.

MacKenzie é a 18.ª pessoa mais rica do Mundo, depois de ter visto a sua fortuna aumentar em cerca de 19,3 mil milhões de euros este ano, para um total de 49,8 mil milhões de euros. Grande parte da sua riqueza deve-se ao seu divórcio. Era casada com Jeff Bezos, atualmente o homem mais rico do Mundo.

"Esta pandemia tem sido uma bola de demolição na vida dos norte-americanos que já estão em dificuldade", escreveu MacKenzie no blogue, na terça-feira. A ex-mulher do fundador da Amazon escolheu mais de 380 instituições de caridade para doar o dinheiro, tendo considerado quase 6500 organizações.

"As perdas económicas e os resultados de saúde foram piores para as mulheres, para as pessoas de cor e para as pessoas que vivem na pobreza. Enquanto isso, aumentou substancialmente a riqueza dos multimilionários", acrescentou.

Quase cinco mil milhões doados este ano

MacKenzie doou cerca de 1,4 mil milhões de euros para 116 instituições de caridade em julho, dizendo que queria chamar a atenção para "organizações e líderes que impulsionam a mudança". No total, a multimilionária já doou quase cinco mil milhões de euros este ano.

PUB

As doações concentraram-se essencialmente naqueles "que operam em comunidades que enfrentam alta projeção de insegurança alimentar, altas medidas de desigualdade racial, altas taxas de pobreza local e baixo acesso ao capital filantrópico", justificou.

No ano passado, MacKenzie assinou o Giving Pledge - organização filantrópica fundada em 2010 nos Estados Unidos por Bill Gates, Melinda Gates e Warren Buffett -, prometendo doar a maior parte de sua fortuna. O The Giving Pledge é um compromisso dos indivíduos e famílias mais ricos do Mundo de dedicar a maior parte da sua riqueza para doações. "Tenho uma quantia desproporcional de dinheiro para partilhar", escreveu ela no seu juramento.

Especialistas em instituições de caridade elogiaram a quantia que MacKenzie doou e a forma como o fez. A multimilionária trabalhou com uma equipa de consultores para pesquisar milhares de organizações.

"Aproveitamos essa base de conhecimento coletiva numa colaboração que incluiu centenas de e-mails e entrevistas por telefone e milhares de páginas de análise de dados sobre as necessidades da comunidade, resultados do programa e a capacidade de cada organização sem fins lucrativos de absorver e fazer uso eficaz do financiamento", explicou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG