Puigdemont

Ex-presidente da Catalunha detido na Sardenha

Ex-presidente da Catalunha detido na Sardenha

O ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, foi detido esta quinta-feira na Sardenha pela polícia italiana, disseram fontes policiais sem indicar mais detalhes.

Carles Puigdemont era alvo de um mandado de captura internacional. Fontes contactadas pela agência Efe disseram que foi preso à chegada, vindo de Bruxelas.

Fontes policiais ouvidas pela Efe disseram que Carles Puigdemont foi preso pela polícia de fronteiras da Sardenha.

O antigo presidente da "Generalitat", que é também eurodeputado, foi detido ao chegar a Alghero, uma cidade no noroeste da Sardenha onde devia participar num evento com Victòria Alsina, responsável pela pasta dos Negócios Estrangeiros na Catalunha, e com Laura Borràs, presidente do parlamento da Catalunha.

O advogado do ex-presidente, Gonzalo Boie, disse esta quinta-feira à noite que Carles Puigdemont está "absolutamente tranquilo" porque confia nas "garantias de direito da União".

Em declarações à TV3, o advogado disse que falou várias vezes com Puigdemont e constatou que o ex-presidente não está preocupado com a situação.

PUB

O advogado explicou que esta sexta-feira se espera que o ex-presidente da Catalunha seja levado a tribunal. Gonzalo Boie defendeu que Carles Puigdemont foi vítima de uma "detenção policial por ordem fraudulenta".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG