Mundo

Ex-presidente da Ucrânia procurado por "homicídio em massa"

Ex-presidente da Ucrânia procurado por "homicídio em massa"

O deposto presidente ucraniano Viktor Ianukovich está a ser procurado por assassínio em massa. É o resultado de repressão a três meses de protestos populares, que causaram dezenas de mortos, em Kiev.

"Foi aberto um processo oficial de assassínio massivo contra cidadãos inocentes", anunciou o ministro ucraniano do Interior, Arsen Avakov. "Ianukovich e outras pessoas responsáveis por isso são procurados", acrescentou, na página do Facebook.

Yanukovich, de 63 anos, deixou a capital ucraniana, Kiev, de helicóptero na sexta-feira, após três dias de protestos violentos, que causaram a morte a mais de 80 pessoas.

No domingo à tarde, Ianukovich estava na região pró-russa da Crimeia. Depois de três meses de protestos e de confrontos na última semana em Kiev, o Presidente (pró-Rússia) Viktor Ianukovich foi destituído no sábado e assumiu funções um Presidente interino, Olexandre Tourtchinov (pró-União Europeia).

Os protestos começaram quando o Presidente decidiu não dar seguimento a um acordo que estava previsto com a União Europeia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG