Andrej Babis

Ex-primeiro-ministro checo vai a julgamento por fraude com fundos comunitários

Ex-primeiro-ministro checo vai a julgamento por fraude com fundos comunitários

O ex-primeiro-ministro da República Checa, ​​​​​​​Andrej Babis, vai a julgamento após ter sido acusado num caso de fraude com fundos da União Europeia (UE), revelou esta segunda-feira o Ministério Público checo.

O parlamento da República Checa levantou em 3 de março a imunidade de Andrej Babis, acusado de fraude com fundos comunitários e de prejudicar os interesses económicos da UE, processo que começou, noticia a agência EFE.

A polícia suspeita que Babis tenha separado temporariamente uma das suas explorações agrícolas da empresa-mãe, o grupo Agrofert (dedicado à indústria alimentar, produtos químicos e comunicação social), em 2007 para torná-la elegível a receber um subsídio da UE atribuído a PME (pequenas e médias empresas), no valor de cerca de dois milhões de euros.

PUB

A decisão do parlamento permitiu aos procuradores concluírem a investigação e prosseguiram com a acusação contra Babis, que foi divulgada esta segunda-feira.

Andrej Babis, de 67 anos, que lidera o movimento centrista ANO, é um dos homens mais ricos da República Checa e nega qualquer irregularidade e repetiu por diversas vezes que as acusações contra ele tiveram motivação política.

O Ministério Público divulgou também que o Tribunal Municipal de Praga vai assumir o processo, que ainda não tem data para o início do julgamento.

O empresário abandonou o poder após as eleições legislativas de outubro passado, que foram conquistadas por uma coligação de centro-direita de cinco partidos, liderada pelo atual primeiro-ministro Petr Fiala.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG