Mundo

Exército síria suspeito de ter testado armas químicas em agosto

Exército síria suspeito de ter testado armas químicas em agosto

O exército sírio teria efetuado ensaios com armas químicas no fim de agosto, perto de Safira, a Oriente de Alepo, reporta a revista alemã "Der Spiegel".

Cinco ou seis obuses vazios de substâncias químicas, mas destinados à guerra química, foram disparados de carros de combate ou de aviões, para uma zona designada Diraiham, no deserto, perto de Chanasir, reputada como o maior centro de testes de armas químicas na Síria, segundo a publicação semanal, que cita testemunhos.

Oficiais iranianos deslocaram-se ao local, em helicóptero, segundo as mesmas fontes.

O centro, designado oficialmente Centro de Investigação Científica, é o maior local de ensaios de armas químicas na Síria.

Tem sido noticiada a presença de peritos iranianos e norte-coreanos no local, alegadamente para a produção de gases mortais, como o sarin ou o gás mostarda.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG