Líbia

Explosões violentas nos arredores de Tripoli

Explosões violentas nos arredores de Tripoli

Nove explosões violentas foram escutadas na noite de segunda-feira, pouco antes das 22 horas de Lisboa, em Tajura, nos arredores da capital líbia, indicaram testemunhos à agência AFP, atribuindo-as a "bombardeamentos da coligação".

Sem conseguirem identificar os alvos visados, as testemunhas afirmaram que "as explosões são muito fortes, são bombardeamentos da coligação".

Ao mesmo tempo, a coligação internacional realizou durante a noite operações contra as posições das forças leais ao dirigente líbio Muammar Kadafi nas regiões de Mezda (Centro) e em Sorman e Gharyan (Oeste).

A agência noticiosa do regime de Kadafi, a Jana, relatou que "locais militares e civis nas regiões de Gharyan e Mezda foram atacados esta noite por raides do agressor ocidental, cruzado e colonialista".

A televisão estatal líbia difundiu imagens do que disse ser o hospital de Mezda, onde os vidros estavam partidos e as camas sujas de sangue.

Um habitante da cidade de Gharyan, situada a cerca de 120 quilómetros a sudoeste de Tripoli, indicou à agência AFP que uma forte explosão tinha abalado a cidade às 19.15 horas de Lisboa, seguida de outras de menor intensidade. Adiantou ainda que o alvo teria sido um depósito de armas e munições.

Os sectores de Gharyan e Mezda representam, segundo os rebeldes, as bases de retaguarda das forças de Kadafi nas suas ofensivas contra as cidades da região de Al-Jabal Al-Gharbi (Oeste), designadamente Zenten e Yefren, controladas pelos rebeldes.

PUB

Segundo a televisão líbia, a cidade de Sorman situada entre Zawiyah, a 50 quilómetros a oeste de Tripoli, e Sabratah também foram objecto de bombardeamentos da coligação.

Outras Notícias