Mundo

FBI detetou veneno mortal num envelope enviado a senador dos EUA

FBI detetou veneno mortal num envelope enviado a senador dos EUA

O líder da maioria democrata no Senado dos Estados Unidos, Harry Reid, afirmou, na terça-feira, ter sido detetado rícino, veneno mortal, numa carta endereçada ao senador republicano Roger Wicker.

A carta foi detetada durante uma inspeção de rotina num edifício fora do Capitólio, pelo que não chegou a entrar nas instalações ou no gabinete do senador, segundo um assistente de Harry Reid citado pela AFP.

De acordo com fontes no Senado citadas pelo Washington Post, não foi dada nenhuma razão para o destinatário da carta ser Roger Wicker, senador do Mississipi.

Há quase 10 anos, três edifícios do Senado foram encerrados depois de ter sido detetado rícino em cartas destinadas ao gabinete do líder da maioria.

O Washington Post explicou que as cartas enviadas para moradas federais na capital dos EUA são aquecidas e colocadas em aparelhos para verificação de agentes biológicos potencialmente mortais.

Outras Notícias