O Jogo ao Vivo

EUA

Fingiu sequestro para evitar pagar dívida de aposta

Fingiu sequestro para evitar pagar dívida de aposta

Um norte-americano foi detido por fingir o próprio rapto, de forma a evitar pagar uma divida de quase 45 mil euros aos vencedores de apostas sobre a Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano.

Robert Brandel, de 60 anos, alegou às autoridades ter sido sequestrado por dois homens armados, que lhe roubaram cerca de 14 mil euros em dinheiro, segunda-feira, dois dias antes de ser encontrado amarrado a um camião, em Buffalo, Nova Iorque. O homem encontrava-se no banco traseiro, com os pés e mãos atados.

O norte-americano acabou detido na sequência desta denuncia que as autoridades descobriram ser falsa. O interrogatório realizado pela polícia de Nova Iorque confirmou que o homem estava a mentir e que o rapto era uma história elaborada pelo próprio para evitar pagar uma dívida devido a um esquema de apostas que criou durante a Super Bowl, através do qual conseguiu levar várias pessoas a investir dinheiro.

Quando os apostadores vencedores reclamaram os prémios, Robert Brandel fingiu o próprio sequestro, visto que não tinha como pagar os cerca de 45 mil euros.

A Polícia de Nova Iorque suspeitou da história desde o início, devido ao facto de Robert se encontrar extremamente calmo no momento em que foi encontrado. "Uma pessoa normal que foi sequestrada ou passou por algo assim encontrar-se-ia com o ritmo cardíaco muito alto, estaria preocupada, deprimida e num turbilhão de emoções", afirmaram as autoridades, citadas pela BBC.

A final da liga profissional de futebol norte-americano realizou-se no mês passado e terminou com a vitória dos New England Patriots contra os Los Angeles Rams, no espetáculos com menos pontos alguma vez registados.