Natureza

Fogos na Austrália destruíram dimensão equivalente ao dobro de Portugal

Fogos na Austrália destruíram dimensão equivalente ao dobro de Portugal

Os incêndios estão a ameaçar a capital da Austrália, Camberra e os habitantes estão a ser avisados para se prepararem para ser retirados, depois de ter sido declarado o estado de emergência no Território da Capital Australiana.

Segundo a agência Associated Press (AP), os incêndios estão a ficar "fora de controlo" perto de Camberra e no estado de Nova Gales, estando a ser preparada a retirada dos habitantes na região.

A região da capital foi declarada em estado de emergência na sexta-feira, com efeitos imediatos, e "serve para as famílias se prepararem" face ao perigo, explicou o ministro-chefe do território, Andrew Barr, justificando a medida que não era ativada há 17 anos em Camberra, onde vivem 400 mil pessoas.

Vários incêndios foram provocados por brasas transportadas por ventos até 10 quilómetros da frente do incêndio e alguns destes incêndios poderão acabar por se fundir com o fogo principal, disse a comissária responsável pelos serviços de emergência da região Georgeina Whelan, citada pela AP.

Os incêndios ameaçam os subúrbios do sul de Camberra e a cidade vizinha de Tharwa, cujo acesso rodoviário foi cortado desde a manhã de sábado.

"O fogo pode representar uma ameaça a vidas que estão diretamente no seu caminho", avisou a responsável.

O serviço meteorológico australiano previu para os próximos dias um aumento de temperatura que pode atingir os 40 graus e fortes rajadas de vento que podem potenciar os fogos.

A principal preocupação centra-se num foco de incêndio no Vale Orroral, a sul da capital australiana, que já destruiu 18 mil hectares.

Mais de 80 incêndios florestais continuam ativos nos estados australianos de Victoria e Nova Gales do Sul, os mais afetados pelas chamas.

Desde setembro, os incêndios mataram 33 pessoas e destruíram 180 mil quilómetros quadrados que equivalem, em dimensão, ao tamanho da Síria ou a duas vezes a área de Portugal

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG