Covid-19

França anuncia recolhimento obrigatório às 18 horas em todo o país

França anuncia recolhimento obrigatório às 18 horas em todo o país

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, anunciou, esta quinta-feira, o dever de recolher a partir das 18 horas. A medida será aplicada em todo o país a partir de sábado.

A França tem registado cerca de 20 mil novos casos de covid-19 por dia. Números bastante distantes dos cinco mil esperados pelo governo em meados de dezembro.

De acordo com Jean Castex, a situação epidémica está "sob controlo" mas "frágil". Apesar da pressão que os hospitais do país estão a sentir e do endurecimento das medidas, ainda não está previsto o fecha de escolas.

Ainda assim, está a ser preparado o reforço do protocolo sanitário nas escolas. Serão proibidas as aulas em locais interiores e as atividades físicas e desportivas extracurriculares explicou o Ministro da Educação, Jean-Michel Blanquer.

Numa conferência de imprensa que juntou o primeiro-ministro, Olivier Véran, ministro da Saúde, Jean-Michel Blanquer, ministro da educação nacional, Bruno Le Maire, ministro da economia e finanças, Elisabeth Borne, ministra do trabalho, Roselyne Bachelot, ministra da cultura e Frédérique Vidal, ministra do ensino superior, o executivo mostrou-se preocupado com a circulação da variante britânica do novo coronavírus, que tem sido considerada mais contagiosa, e que provocou um surto epidémico em todo o Canal.

"Estamos numa espécie de corrida de velocidade entre o aparecimento desta variante" e "a vacinação das pessoas mais frágeis", considerou o presidente do conselho científico, Jean-François Delfraissy, terça-feira à noite.

Outras Notícias