O Jogo ao Vivo

França

França de luto após a morte de três campeões que participavam num "reality show"

França de luto após a morte de três campeões que participavam num "reality show"

A França está de luto devido à morte da velejadora Florence Arthaud, a campeã olímpica de natação Camille Muffat e o pugilista olímpico Alexis Vastine. Ao todo, dez pessoas morreram na sequência da colisão entre dois helicópteros na Argentina, durante as filmagens de um '"reality show".

O presidente francês, François Hollande, confessou-se surpreso e emocionado e prestou homenagem aos "três campeões" que queriam "ultrapassar os limites".

"Florence Arthaud, Camille Muffat e Alexis Vastine fizeram brilhar a França", sublinhou Hollande.

O acidente no noroeste da Argentina, durante as filmagens do '"reality show" Dropped da televisão privada francesa TF1, causou 10 mortos.

"É toda a França que está de luto", declarou o primeiro-ministro, Manuel Valls, exprimindo na rede social de mensagens curtas Twitter a sua "imensa pena".

Como é habitual quando morrem franceses no estrangeiro, foi aberta em Paris uma investigação criminal por homicídio involuntário.

Florence Arthaud, de 57 anos, era uma das mais célebres velejadoras do mundo e Camille Muffat, de 25, era uma das campeãs com mais títulos da história da natação francesa. Com 28 anos, o pugilista Alexis Vastine ganhou uma medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Cinco outros franceses, da equipa de produção do programa televisivo, e os dois pilotos argentinos dos helicópteros morreram no acidente em pleno voo, que ocorreu cerca das 17.00 horas (20.00 horas de segunda-feira em Portugal continental) nas montanhas da zona turística de La Rioja.

Polícias e uma juíza foram enviados para o local para determinar as causas do acidente.

As filmagens de Dropped começaram no final de fevereiro em Ushuaia, na Patagónia argentina, na ponta sul do continente americano, e o programa sobre a sobrevivência de oito atletas em plena natureza devia ser difundido no verão em França.

O grupo TF1 exprimiu a sua "imensa tristeza". A empresa de produção do programa, a ALP, anunciou a interrupção das filmagens e o regresso de todas as equipas a França.

O acidente é a pior tragédia ocorrida na história dos "reality shows".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG