O Jogo ao Vivo

Fronteiras

Frontex muda centro de formação de agentes para Portugal

Frontex muda centro de formação de agentes para Portugal

A Frontex prepara-se para mudar a formação de agentes de Espanha para Portugal. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo jornal "El Mundo", que cita fontes próximas da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira.​​​​​​​

Segundo o diário espanhol, esta mudança terá caído que nem uma bomba no país vizinho, uma vez que, nos últimos dois anos, a Frontex tinha apostado em Espanha e, em particular, na academia de formação da Polícia Nacional espanhola. E entendia-se que assim continuaria a ser, mesmo que a academia de Ávila não fosse uma sede permanente.

No entanto, como acrescenta o mesmo jornal, o entendimento dos gestores da agência europeia terá sido outro, uma vez que chegaram à conclusão que já não eram cumpridas as exigências. Tal decisão está a ser encarada, escreve o "El Mundo", como um retrocesso tanto para a política interna de imigração quanto para o peso da Espanha no cenário internacional.

PUB

Segundo o periódico, a cada seis meses, cerca de cem estudantes de 16 países europeus eram formados neste centro da Divisão de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Nacional. Depois integrariam o corpo permanente da agência europeia. Ao todo, foram realizados quatro cursos de formação para agentes em Espanha, sendo que, no mês de junho, terminará aquele que será o último aí ministrado.

A Frontex foi criada em 2004 para ajudar os Estados-Membros da UE e os países que pertencem ao Espaço Schengen a proteger as fronteiras externas da zona de livre circulação da União Europeia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG