Furacão

Dez mortos à passagem do "Matthew" pelos EUA

Dez mortos à passagem do "Matthew" pelos EUA

O furacão "Matthew" fez pelo menos dez mortos nos Estados Unidos.

Três pessoas morreram na Carolina do Norte, segundo o governador Pat McCory, que classificou o "Matthew" como "uma tempestade muito, muito séria".

No Estado da Georgia, outras três pessoas perderam a vida, incluindo uma pessoa em cadeira de rodas atingida em casa pela queda de duas árvores.

Na Florida já tinham sido contabilizadas anteriormente quatro vítimas mortais.

O "Matthew" está a ser a tempestade mais violenta a atingir território norte-americano na última década.

Milhares de pessoas tiveram de abandonar as suas casas para se abrigarem em locais mais seguros e mais de um milhão estão sem eletricidade.

Há registo de graves inundações na cidade de Charleston, na Carolina do Sul.

À passagem pelo Haiti, o "Matthew" matou perto de 900 pessoas e quatro na República Dominicana.

Segundo o centro nacional de furacões dos Estados Unidos (NHC, sigla em inglês), o furacão diminuiu para intensidade 1, com rajadas máximas de vento de 120 km/h.

Outros Artigos Recomendados