EUA

Gabby Petito terá sido assassinada

Gabby Petito terá sido assassinada

O FBI anunciou que o corpo encontrado no domingo, num parque natural de Wyoming, nos EUA, é de Gabrielle Petito, a jovem cujo desaparecimento a 1 de setembro cativou a atenção do país e do Mundo.

A análise preliminar feita pelo médico legista, segundo o FBI, aponta para que Petito, de 22 anos, tenha sido assassinada. A causa de morte só será determinada após os resultados finais da autópsia.

O corpo de Gabby tinha sido encontrado este domingo, embora a confirmação oficial de que se tratava da jovem só foi revelada esta terça-feira.

"No início do dia de hoje [domingo], restos humanos foram encontrados correspondendo à descrição de Gabrielle 'Gabby' Petito", afirmou o agente do FBI Charles Jones, em conferência de imprensa.

A descoberta do corpo foi feita por agentes da autoridade que passaram os últimos dois dias a vasculhar acampamentos no parque natural em busca da jovem.

Petito e o namorado, Brian Laundrie, partiram em julho para uma viagem pelo país numa carrinha convertida para visitar os parques nacionais no oeste dos Estados Unidos.

Em agosto, uma testemunha reportou à polícia um incidente entre o casal, em que o namorado terá agredido a jovem, na estrada, antes de ambos voltarem à carrinha. Outro testemunho dá conta de outra discussão, em que Gabby agride Brian, supostamente por causa do telefone dela.

PUB

A mãe de Gabby, segundo a CNN, disse também aos agentes que estão a investigar o caso que notou uma escalada de tensão dentro do casal. A 27 de agosto, Petito enviou a última SMS para a sua mãe.

Namorado desaparecido

Charles Jones disse que os investigadores ainda estão à procura de informações por parte de qualquer pessoa que tenha visto Petito ou o seu namorado perto dos locais de acampamento localizados na zona este do parque, o mesmo local que foi alvo de buscas neste fim de semana.

A polícia disse que Laundrie estava sozinho quando conduziu a carrinha de regresso a casa dos seus pais em North Port, Florida, a 1 de setembro. A família de Petito deu a jovem como desaparecida a 11 de setembro, na polícia do condado de Suffolk, Nova Iorque.

Laundrie, 23 anos, foi identificado como "pessoa de interesse" no caso. Foi visto pela última vez na terça-feira por familiares na Florida e os investigadores estão à sua procura nos últimos dois dias numa reserva de vida selvagem, numa área de mais de 9.712 hectares (Carlton Reserve) no condado de Sarasota, Florida, com mais de 160 quilómetros de trilhos, como também de acampamentos.

"É importante registar que enquanto Brian é uma pessoa de interesse no desaparecimento de Gabby, ele não é procurado por um crime", disse a polícia de North Port, num comunicado anterior, acrescentando que a investigação passou a ser um caso de "múltiplas pessoas desaparecidas".

Os pais de Petito tinham vindo a pedir à família de Laundrie que dissesse quando é que o filho tinha visto pela última vez a sua filha.

*com Lusa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG