22.12.2017

Boston

A crise com opiáceos nos EUA em imagens

A crise com opiáceos nos EUA em imagens

A crise de consumo de opiáceos é um dos grandes problemas da sociedade norte-americana da atualidade e em Boston o problema está à vista de todos. Na linha da frente desta guerra, estão os paramédicos, que todos os dias são chamados para dezenas de casos.

Encontram-nos caídos em cima do volante do carro, quase sem respirar nas casas de banho de lojas de dónutes ou já mortos dentro de apartamentos ou casas caras, explica a agência Reuters, que acompanhou o trabalho destes profissionais de emergência médica.

Para reverter os efeitos das drogas, as equipas de emergência estão sempre equipadas com naxolona, um medicamento que reverte os efeitos dos opiáceos.

"Quando comecei, eram casos raros. Fazíamos um ou dois de vez em quando. Agora, fazemos bastantes", explica Dave Franklin, supervisor do serviço privado de ambulâncias Cataldo Ambulance Service. Segundo as estatísticas do estado do Massachusetts, o número de chamadas devido a overdoses passou de 8.389, em 2013, para 20.978, em 2016.

Nos EUA, a morte devido a drogas ultrapassou a mortes por armas de fogo e devido a acidentes de viação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG