26.11.2019

"Valor inestimável"

As jóias roubadas em assalto milionário na Alemanha

As jóias roubadas em assalto milionário na Alemanha

O Grüne Gewölbe (Abóbada Verde, em português), um dos museus mais antigos do mundo, na cidade alemã de Dresden, foi assaltado na madrugada de segunda-feira. Hoje, a polícia revelou fotografias das peças levadas pelos ladrões, bem como uma imagem da videovigilância do museu, que mostra um dos criminosos a partir uma vitrina.

Os investigadores revelaram na segunda-feira, em conferência de imprensa, que os pelo menos dois autores do assalto ao Grünes Gewölbe, que guarda uma das mais importantes coleções de tesouros da Europa, terão entrado por uma janela no rés-do-chão, forçando o gradeamento que a protegia, cerca das cinco horas locais (menos uma em Portugal continental).

Levaram parte de três conjuntos de peças com diamantes e rubis, apesar de não terem conseguido roubar tudo o que pretendiam, devido aos sistemas de segurança do museu, revelou, esta terça-feira, Marion Ackermann, diretora dos museus da cidade de Dresden. "Não podemos dar um valor exato sobre o que foi roubado, porque as peças não têm preço. Estamos a falar de objetos de valor inestimável para a história da arte e história cultural", sublinhou à BBC.

Pouco antes do assalto, um incêndio destruiu um transformador elétrico nas imediações e interrompeu o sistema de alarme do museu, mas os responsáveis pela investigação não estabeleceram para já ligação entre os dois acontecimentos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG