12.12.2019

Twitter

Cães (e alguns intrusos) viram estrelas num clássico das eleições

Cães (e alguns intrusos) viram estrelas num clássico das eleições

Esqueçam o duelo Johnson contra Corbyn. Nas eleições britânicas desta quinta-feira, os protagonistas foram os cães de milhares de cidadãos que acompanharam os donos às urnas, naquele que é já um clássico das eleições no Reino Unido.

O primeiro-ministro cessante e vencedor anunciado das eleições de hoje, Boris Johnson, ajudou a inaugurar a tendência, quando se fez acompanhar por Dilyn na urna, esta manhã, antes de partilhar uma fotografia com o amigo de quatro patas no Twitter, à qual juntou a "hasthag" #DogsAtPollingStations ("cães nas assembleias de voto", em português), que ocupa o segundo lugar das tendências do Twitter do Reino Unido.

Ao fim do dia, são inúmeras as fotografias publicadas de cães à espera dos donos à porta das assembleias de voto, alguns dos quais vestidos a rigor para a quadra natalícia, com gorros de pai natal e chifres de rena. Além dos canídeos, contam-se alguns intrusos: muitos eleitores levaram os gatos a votar e o candidato liberal democrata Ed Davey tentou integrar-se na tradição, publicando mesmo uma fotografia do seu porquinho-da-índia.

O Reino Unido está hoje a realizar eleições legislativas antecipadas, convocadas pelo Governo para tentar desbloquear o impasse criado no parlamento sobre o processo de saída do país da União Europeia

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG