15.01.2022

Fotogaleria

Coruja-das-neves voa do Ártico até Washington e chama a atenção dos habitantes

Coruja-das-neves voa do Ártico até Washington e chama a atenção dos habitantes

Dezenas de curiosos observaram, na sexta-feira à noite, uma jovem ave com uma sumptuosa plumagem branca do Ártico, parada no alto de uma estátua, perto do Capitólio.

Com as suas enormes asas brancas, estas "aves da neve e do gelo" são "como criaturas de outro mundo", afirma Kevin McGowan, professor do laboratório de ornitologia da Universidade de Cornell.

A coruja-das-neves normalmente habita áreas árticas do polo norte no verão e a maioria das aves migram para sul durante o inverno, mas geralmente estabelecem-se na fronteira entre o Canadá e os EUA. A sua presença numa zona tão a sul "é como ter um urso polar no bairro", continuou o ornitólogo.

Devido a sua plumagem, uma mistura de cinza e branco, acredita-se que é uma coruja jovem

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG