13.05.2021

Fotogaleria

Guerra em Gaza: imagens da destruição após ataques de Israel

Guerra em Gaza: imagens da destruição após ataques de Israel

Dia após dia a escalada de violência não cessa na Faixa de Gaza. "Rockets" palestinianos caem em território israelita e Israel responde com intensos ataques aéreos que deixam um rasto de destruição e morte.

Desde o início da escalada militar entre o Hamas, o movimento islamista no poder na Faixa de Gaza, e Israel, na segunda-feira à noite, foram disparados cerca de 1600 foguetes do enclave palestiniano para território israelita, dos quais 90% foram intercetados pelo sistema antimíssil, de acordo o exército.

Em resposta, Israel lançou uma ofensiva com intensos ataques aéreos, que causaram grande destruição em Gaza.

Do lado israelita, sete pessoas morreram, incluindo uma criança de seis anos e um soldado.

Segundo o último balanço do ministro da Saúde da Faixa de Gaza, 83 pessoas, incluindo 17 crianças, foram mortas e perto de 500 ficaram feridas nos últimos dias.

Os serviços israelitas indicaram ter matado uma "dezena" de responsáveis do Hamas, mas também quadros da Jihad islâmica, o segundo grupo armado na Faixa de Gaza.

O Hamas lançou uma primeira salva de foguetes em direção a Israel em sinal de "solidariedade" com os mais de 900 palestinianos feridos em confrontos com a polícia israelita em Jerusalém Leste, anexado e ocupado por Israel.

Sucedem-se os apelos internacionais para o fim desta nova vaga de ataques, os mais intensos desde há sete anos. Os Estados Unidos anunciaram o envio de um emissário a Israel e aos territórios palestinianos. A Tunísia, Noruega e China convocaram na quarta-feira à noite uma nova reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU sobre o conflito israelo-palestiniano. Moscovo apelou a uma reunião de urgência do Quarteto para o Médio Oriente (União Europeia, EUA, ONU e Rússia).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG