06.09.2018

Preparação para a batalha

Crianças na terra da guerra. As imagens que não devíamos ver

Crianças na terra da guerra. As imagens que não devíamos ver

Famílias de civis em Idleb, na Síria, fazem o que podem para se prepararem para o pior. Ninguém é poupado. Adultos e crianças aprenderam a viver assim, em terror permanente, rodeados de destruição.

Nestas imagens da agência Reuters, vemos Hudhayfa al-Shahad a improvisar máscaras de gás com um saco de plástico e um copo de papel com algodão e carvão.

"Preparamo-nos com o pouco que temos: máscaras pequenas e primitivas para colocarmos na bocas dos nossos filhos, no caso de um ataque com químicos", explicou Shahad, de 20 anos.

Shahad vive em Idleb com a mulher, que está grávida, os três filhos, e mais 15 pessoas. Todos na mesma casa.

O irmão, Ahmed Abdulkarim al-Shahad, construtor civil de 35 anos, mostra a gruta que tem vindo a a escavar desde 2012. Armazenam a comida possível naquele bunker. Pickles, muitos pickles, mais algumas conservas e uma melancia. Não há mais.

"Se fugirmos em direção à fronteira com a Turquia, os bombardeamentos matam-nos. Não há nenhum lugar para estar além de Idlib".