27.10.2020

Protestos

Manifestantes deixam rasto de destruição em Milão e Turim

Manifestantes deixam rasto de destruição em Milão e Turim

Adensam-se os confrontos entre manifestantes e agentes da Polícia, em Itália.. Protestos contra as novas medidas de combate à covid-19 - que incluem a limitação de horários de bares e restaurantes e o encerramento de vários equipamentos -, durante a noite passada, em Milão e Turim, obrigaram as autoridades a disparar gás lacrimogéneo contra os manifestantes.

Em Turim, as pessoas que protestavam lançaram bombas de fumo, atiraram garrafas contra a Polícia, incendiaram caixotes do lixo e partiram a montra de uma loja da Gucci, relata a agência de notícias Associated Press, que dá conta de um cenário semelhante em Milão. Várias pessoas foram detidas nos dois incidentes e, segundo a imprensa do país, membros de claques de futebol estão entre os responsáveis pelos protestos violentos.

Outras Notícias