23.02.2019

Fotogaleria

Manifestantes pró e contra regime nas ruas de Caracas

Manifestantes pró e contra regime nas ruas de Caracas

Apoiantes do presidente Nicolás Maduro saíram às ruas em Caracas para defender a revolução, no mesmo dia em que a oposição realizou concentrações na capital para exigir a entrada de ajuda humanitária no país.

Vestidos de vermelho e com bonés alusivos à bandeira da Venezuela, os manifestantes leais ao regime do presidente Nicolás Maduro concentraram-se na Avenida Libertador de Caracas (centro), junto da sede da empresa telefónica Cantv.

Nesse local, com bandeiras do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV, o partido do Governo), do Partido Comunista da Venezuela (PCV) e outras pequenas organizações políticas, vão marchar até ao palácio presidencial de Miraflores, onde Nicolás Maduro fez um discurso.

Do lado da oposição, os manifestantes concentraram-se em sete pontos distintos de Caracas (Santa Fé, Plaza Las Américas, Centro Comercial Millennium, Santa Mónica, Chacaíto, Avenida Vollmer e Altamira), onde esperam instruções para avançar até às principais bases militares de Caracas.

A oposição pretende sensibilizar os militares para que permitam a entrada de ajuda humanitária internacional no país.

A ajuda encontra-se na Colômbia, Brasil e na Ilha de Curaçau.

As duas marchas são participadas por menos pessoas que as realizadas nas últimas semanas na capital venezuelana.

Juan Guaidó, opositor de Maduro e reconhecido por mais de 50 países como presidente interino do país, prometeu fazer entrar a ajuda humanitária na Venezuela neste sábado, numa operação para a qual estão mobilizados milhares de cidadãos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG