29.04.2019

Canadá

Rutura de dique obriga mais de seis mil pessoas a deixarem as suas casas

Rutura de dique obriga mais de seis mil pessoas a deixarem as suas casas

Mais de seis mil pessoas de uma comuna em Montreal, no Canadá, foram retiradas das suas casas, após a rutura de um dique. Inundações ultrapassaram os níveis recorde do país em 2017.

Um dique natural que protegia a localidade de Sainte-Marthe-sur-le-Lac, na margem do lago Deux-Montagnes, a poucas dezenas de quilómetros de Montreal, cedeu no sábado à noite.

A rutura da estrutura levou à subida do nível das águas, por vezes em 1,5 metros, em diversas zonas da localidade, sem causar vítimas, de acordo com a polícia.

No total, mais de um terço da população de Sainte-Marthe-sur-le-Lac teve de abandonar as suas habitações. Dois centros de acolhimento foram abertos.

Com estes números, as inundações na província do Quebeque levaram à retirada de cerca de oito mil pessoas das suas casas, afetando quase seis mil habitações.

Em 2017, nas piores cheias no Canadá em 50 anos, 5400 habitações ficaram inundadas e quatro mil pessoas tiveram de sair de casa.

Outros Artigos Recomendados