O Jogo ao Vivo

Buscas

Galiza de luto: dez mortos em naufrágio de pesqueiro galego no Canadá

Galiza de luto: dez mortos em naufrágio de pesqueiro galego no Canadá

O número de mortos no naufrágio de um barco de pesca galego no Canadá subiu para dez, depois de terem sido recuperados mais três corpos, revelou na noite de terça-feira o Salvamento Marítimo espanhol.

Dois dos corpos foram localizados pelo navio canadiano Nexus e outro pelo navio pesqueiro português Franca Morte, destacou o Salvamento Marítimo numa publicação na rede social Twitter.

Até agora foram encontrados três sobreviventes e resgatados dez corpos.

PUB

Os três tripulantes resgatados estavam em "choque hipotérmico", porque a temperatura da água é muito baixa.

O barco de pesca "Villa de Pitanxo", com sede em Marín (Pontevedra) e propriedade do armador galego Manuel Nores, afundou-se por volta das 6 horas de Espanha (menos uma hora em Portugal continental) conforme registado pela baliza de sinalização do navio, que contava com uma tripulação de 24 pessoas.

Das 24 pessoas que trabalhavam no barco no momento do naufrágio, 16 têm nacionalidade espanhola, cinco são peruanas e três ganesas, segundo dados oficiais.

O navio pesqueiro português Novo Virgem da Barca e o navio espanhol Playa Menduiña Dos, que pescavam na zona, estão a trabalhar desde o início nas operações de busca, dificultadas pelo mau estado do mar, com ondas de quatro metros de altura e visibilidade de apenas cerca de 500 metros.

O Departamento de Defesa do Canadá tem um helicóptero e um avião para auxiliar nos trabalhos de busca e resgate, mas não foram encontrados restos do barco de pesca, temendo-se por isso que o navio tenha afundado na sua totalidade.

Este naufrágio, o mais trágico registado nas últimas décadas na frota pesqueira espanhola, causou consternação em toda a Galiza, onde a Junta já decretou luto oficial.

O chefe do governo espanhol, Pedro Sánchez, manifestou as suas condolências através da rede social Twitter, enquanto Felipe VI conversou com o presidente da Junta da Galiza, Alberto Núñez Feijóo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG