Mundo

Garrafa de vinho mais cara do mundo à venda na Flórida

Garrafa de vinho mais cara do mundo à venda na Flórida

Uma loja na Flórida tem à venda por 129 mil euros uma garrafa de vinho de uma série de doze da adega australiana Penfolds, a primeira a chegar aos EUA, e, segundo os proprietários, a mais cara do mundo.

Segundo os proprietários da loja Star Liquor, situada em Wellington no condado de Palm Beach, a norte de Miami, esta rara garrafa de 'cabernet sauvignon foi adquirida na sexta-feira e é a única Block 42 de uma série limitada da Penfolds que pode ser encontrada nos Estados Unidos, disse à Agência EFE Priti Patel, dona do estabelecimento.

O objetivo é que um colecionador local compre o produto. "Temos clientes que colecionam vinhos como este e que de facto nos Estados Unidos ninguém tem", disse Patel.

"Apesar de a cidade ter apenas 55 mil habitantes, é uma 'área rica'", acrescentou.

Este cabernet sauvignon de elaboração artesanal e criado ao detalhe vem de uma vinha única das adegas de Penfolds chamadas Block 42, um terreno considerado por alguns especialistas como o mais antigo do mundo da produção deste vinho de origem francesa.

Segundo o site da loja, "apenas dez hectares compõem esta 'única vinha', que dá um 'cabernet' de notas minerais e de fruta madura, aroma intenso e excecional concentração, bem equilibrado"

Esta edição limitada de doze garrafas (que é toda a produção de Block 42 de cada década), apresenta o vinho numa garrafa de vidro colocada no interior de uma caixa de madeira feita à mão. No exterior uma placa explica as caraterísticas deste vinho único do mundo.