Mundo

Governo eslovaco pede desculpas por legislação anti-judaica na II Guerra

Governo eslovaco pede desculpas por legislação anti-judaica na II Guerra

O Governo da Eslováquia pediu, esta quarta-feira, desculpa pela legislação publicada durante a Segunda Guerra Mundial que privou os judeus eslovacos dos seus direitos humanos e civis.

Num depoimento que assinala o 80º aniversário do "Código Judaico" adotado em 9 de setembro de 1941, o executivo eslovaco admitiu que "sente hoje uma obrigação moral de expressar publicamente o seu pesar pelos crimes cometidos pelo regime anterior".

O código também impediu o acesso dos judeus à educação e autorizou a transferência dos seus bens para proprietários não judeus.

O governo acrescentou que a efeméride constitui uma oportunidade para recordar os crimes contra os judeus eslovacos.

A Eslováquia foi um estado colaboracionista do regime nazi durante a Segunda Guerra Mundial, tendo enviado mais de 70 mil dos seus cidadãos judeus para campos de concentração, onde a maioria acabou por morrer. O código é considerado uma das mais duras leis antissemitas adotadas na Europa durante a guerra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG