O Jogo ao Vivo

Explosões

Governo português desaconselha viagens ao Sri Lanka

Governo português desaconselha viagens ao Sri Lanka

O governo português desaconselha as viagens para o Sri Lanka na sequência de uma série de explosões que visaram hotéis e igrejas, este domingo.

"Desaconselham-se todas as viagens ao Sri Lanka até publicação de novo aviso", lê-se no Portal das Comunidades Portuguesas, este domingo, na sequência das várias explosões no Sri Lanka em hotéis e igrejas que fizeram mais de 180 mortos e mais de 400 feridos.

Mais de 5900 portugueses escolheram no ano passado este país como destino de férias, segundo o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, em declarações à RTP. Quem tem viagens programadas para este país localizado ao largo da extremidade sul da Índia deve seguir os conselhos do Portal das Comunidades Portuguesas.

O secretário de Estado já lamentou a morte de um cidadão português neste ataque. O governante falou com a mulher deste português, que tinha cerca de 30 anos e estava alojado num dos hotéis visados pelas explosões.

"Tivemos conhecimento [da existência destes portugueses] porque foi a sua família que contactou o gabinete de emergência consular", disse José Luís Carneiro à agência Lusa, adiantando que o gabinete teve ainda o contacto de outros familiares dando conta de que tinha também lá uma família de quatro elementos, mas "felizmente esses encontram-se bem".