O Jogo ao Vivo

Grécia

Grécia investiga elevado número de cegos numa ilha a receber ajudas sociais

Grécia investiga elevado número de cegos numa ilha a receber ajudas sociais

As autoridades gregas, que enfrentam uma forte crise da dívida soberana, anunciaram um inquérito sobre o número estranhamente elevado de cegos - várias centenas - que recebem ajudas públicas, numa ilha do Mar Egeu.

O vice-ministro da Saúde, Markos Bolaris, pediu uma investigação aos mais de 600 habitantes da ilha, cujos nomes não foram revelados, que auferem apoios estatais devido a esta deficiência, afirmou à AFP uma fonte governamental.

"Não sabemos quantas pessoas têm efectivamente direito a estas ajudas, ainda que algumas não estejam, sem dúvida, em incumprimento", afirmou o governante, que recusa precisar o valor das verbas atribuídas.

De acordo com o jornal grego Ethnos, dois por cento da população da ilha beneficia destas ajudas há vários anos, a maioria desde a nascença.

As autoridades vão examinar o conjunto das ajudas sociais que todos os anos custam ao Estado helénico 6,4 mil milhões de euros, de acordo com a publicação.

O governo está a tentar limitar as despesas sociais, ao abrigo do programa de austeridade adoptado a pedido da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional, em troca de um segundo pacote de resgate para evitar a falência de Atenas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG