Aviação

Greve de controladores em França pode causar atrasos em voos de algumas companhias

Greve de controladores em França pode causar atrasos em voos de algumas companhias

A Direção Geral de Aviação Civil francesa (DGAC) prevê "atrasos significativos" em algumas companhias aéreas que costumam sobrevoar o sudeste do país devido a uma greve dos controladores convocada para sábado e domingo.

Um porta-voz da DGAC adiantou que não foram dadas instruções de cancelamento de voos às companhias aéreas que utilizam o espaço aéreo abrangido pelo centro de controlo de rota de Aix en Provence, que é o afetado pela greve. Para evitar os cancelamentos, o porta-voz disse que a DGAC está a trabalhar em "soluções indiretas" para esse espaço aéreo com outros centros de controlo aéreo noutras regiões de França e países vizinhos.

Em comunicado, a DGAC especificou que a convocação de greve para os dias 25 e 26 de junho no centro de controlo da rota de Aix en Provence foi apresentada pela União Nacional dos Sindicatos Autónomos (UNSA/ICNA). Na nota, a DGAC adianta que para "limitar" as perturbações no tráfego aéreo foram aplicados os serviços mínimos.

A DGAC indica ainda que está em contacto com as companhias aéreas, com os aeroportos e com o Eurocontrol, coordenador do espaço aéreo europeu, para organizar o desvio da trajetória dos aviões.

Esta greve coincide com outras que estão a afetar o setor da aviação, como a das tripulações de cabine e pessoal de terra da Ryanair em França, Bélgica, Espanha, Portugal e Itália.

As tripulações de cabine da Ryanair em Portugal vão parar hoje, sábado e domingo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG