Londres

Grupo antivacinas invadiu BBC em protesto, mas enganou-se no edifício

Grupo antivacinas invadiu BBC em protesto, mas enganou-se no edifício

Um grupo de manifestantes antivacinas invadiu o que pensava ser o estúdio da emissora britânica BBC esta segunda-feira. Porém, a empresa "mudou de casa" há quase uma década.

Em vez de invadir o local da operação de notícias da BBC, que os protestantes consideram responsável pela promoção das vacinas contra a covid-19, um grupo de manifestantes tentou entrar no Television Centre, no oeste de Londres, que agora é predominantemente usado pela ITV para filmar os seus programas diurnos, como o "Good Morning Britain" e o "This Morning".

Muitos dos manifestantes do lado de fora do edifício pareciam pensar que aquele era o local usado pela BBC na sua cobertura de notícias.

Centenas de pessoas gritaram "vergonha", enquanto os polícias metropolitanos tentaram evitar a entrada dos manifestantes no estúdio.

Entre os manifestantes estava Piers Corbyn, irmão do ex-líder do Partido Trabalhista Jeremy Corbyn, que foi gravado numa transmissão ao vivo a dizer: "Temos de assumir o controlo destes bastardos". Outros manifestantes criticaram a BBC, descrevendo-a como "o vírus".

Segundo o "The Guardian", o edifício circular foi desocupado pela BBC em 2013 e, desde então, foi convertido num conjunto de apartamentos e num clube privado.

PUB

A BBC manteve três estúdios que são, em grande parte, arrendados a outras emissoras e constituem a base permanente para muitos dos programas da ITV. No entanto, a grande maioria da equipa da BBC localiza-se a oito quilómetros de distância, na Broadcasting House, em Portland Place.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG