Líbano

Grupo de 31 detidos fugiu de prisão em Beirute

Grupo de 31 detidos fugiu de prisão em Beirute

Um grupo de 31 presos fugiu, este domingo, de uma prisão em Beirute em circunstâncias ainda desconhecidas, tendo as forças de segurança libanesas iniciado uma investigação para deter os fugitivos.

As Forças de Segurança Interna do Líbano anunciaram na rede social Twitter que os 31 presos, sobre os quais não forneceram detalhes, fugiram do centro de detenção Adliye de Beirute na última madrugada.

Não explicaram como foi possível a fuga, mas adiantaram que deram início a uma investigação para capturar os fugitivos.

PUB

O líder da comissão parlamentar de Direitos Humanos do Líbano, o deputado Michel Moussa, exigiu "o fecho" das instalações, de acordo com a agência de notícias estatal libanesa, ANN.

"Como pode um número tão grande de presos fugir de um lugar que se supõe estar protegido por segurança e que está fechado com placas de ferro?", questionou o deputado, que anunciou que a comissão que lidera "dará seguimento ao sucedido, assim como à situação das prisões em todos os aspetos".

De acordo com a agência ANN, Moussa lembrou que vários responsáveis exigiram "ao longo dos anos" o fecho deste centro de detenção por não cumprir "os requisitos mínimos de uma prisão", e pediu às autoridades judiciais que "acelerem os julgamentos" dos presos que ainda não foram sentenciados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG