Mundo

Grupo Estado Islâmico expande-se na Líbia para a costa mediterrânica

Grupo Estado Islâmico expande-se na Líbia para a costa mediterrânica

Grupos de homens armados, com a bandeira da organização designada Estado Islâmico, patrulham desde há dois dias vários bairros principais da cidade natal de Muammar Khadafi, Sirte, na costa mediterrânica, confirmaram habitantes à Efe.

Seguindo estes testemunhos, homens encapuçados e vestidos com roupa militar, armados com metralhadoras Kalashnikov e lança-granadas portáteis, tomaram vários edifícios oficiais e desfilaram à vontade no centro da cidade, situada entre a capital, Tripoli, e Bengazi, a segunda principal cidade líbia.

Grupos de homens armados apareceram, quinta-feira de manhã, na Universidade de Sirte, separaram estudantes e professores por sexo e fecharam algumas aulas, ao mesmo tempo que ocuparam o Instituto Superior para a Eletricidade, impondo o uso do véu e ordenando o encerramento do bar, cabeleireiros e outros negócios relacionados com a beleza feminina.

Assaltaram também as sedes das suas principais estações de rádio da cidade, detiveram os jornalistas e levaram a aparelhagem para local desconhecido, acrescentaram as mesmas fontes.

A chegada dos seguidores de Abu Bakr al-Bagdadi à cidade de Khadafi causou uma deslocação massiva da população, em especial dos trabalhadores egípcios que receiam pela sua vida, depois da difusão há dias de um vídeo em que se mostrava o assassínio de 21 egípcios cristãos coptas nesta cidade.

"A procura fez com que os preços dos autocarros se tenham multiplicado por cinco nas últimas horas", explicitou a fonte, contactada por telefone.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG